6/recent/ticker-posts

IMAGENS FORTES! É DE ARREPIAR! Vídeo chocante mostra três mulheres sendo torturadas e executadas em área de mata. VEJA

Nesta sexta-feira, 13/01, voltou a circular em grupos de WhatsApp um vídeo onde mostra imagens da execução de três mulheres em um mangue em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza, que foi filmada pelos criminosos antes de matarem as vítimas.


Imagens mostram vítimas implorando pela vida e supostamente assumindo troca de facções,


No vídeo, uma das vítimas conta que elas estavam "rasgando a camisa" de uma das facções. As imagens mostram as mulheres no que parece ser o manguezal, com lama e sangue na pele.


 "Eu tô rasgando a camisa do CV (Comando Vermelho) porque não é pelo certo", diz uma das vítimas. Outra, em aparente nervosismo e ofegante, também fala que era de uma das fações e que está mudando de lado (GDE). Ela olha para a pessoa que estaria gravando o vídeo e, com a mão na cabeça, confere as informações demonstrando possível coação.


No vídeo também mostra o momento da decapitação de uma das vítimas e outra sendo atingida por arma de fogo e, implorando para não morrer, mas os comandos vindos de trás da câmera são incisivos: "Teve chance. Atira e matar", fala um dos criminosos.


O CRIME


O crime aconteceu em 2018, e hoje voltou a circular em grupos de WhatsApp, a denúncia do caso foi realizada na época no 7º Distrito Policial (DP), onde três homens foram presos e um adolescente apreendido na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).


A ação dos criminosos começou na comunidade de Coqueirinho e no bairro Pirambu, onde as vítimas moravam. De acordo com as informções, os criminosos moravam na região do Parque Leblon, em Caucaia, onde foi cometido o crime.


As mulheres teriam sido entregues por "homens da comunidade do Morro de Santiago" ao adolescente, que as levou para o local do crime. O conflito entre as facções teria motivado o crime.


Se você não tem nervos de aço, aconselhamos não assistir o vídeo logo abaixo.


Assista o Vídeo



Postar um comentário

0 Comentários